Fechar

Aviação Civil



Compartilhar:

RSS

Aerolíneas Argentinas receberá US$ 390 milhões do governo em 2021

Aerolíneas Argentinas receberá US$ 390 milhões do governo em 2021

 

Em 2021, a Aerolíneas Argentinas receberá cerca de US $ 390 milhões a título de subsídio do Estado para manter as operações, segundo informações oficiais apresentadas pelo governo argentino.

Se o valor permanecer inalterado ao longo do ano, seria uma redução de 25% com o subsídio do Estado da Argentina em 2020. No ano passado, a Aerolíneas Argentinas recebeu US$ 527 milhões em recursos do Governo.

Aerolíneas Argentinas é a transportadora estatal no país sul-americano. No ano passado, a crise do COVID-19 proporcionou uma oportunidade única para a Aerolíneas consolidar ainda mais sua posição monopolística.

Apesar da crise e perda de mais da de 90% do tráfego pré-Covid entre março e dezembro de 2020, a Aerolíneas está agora em uma posição mais estável para continuar como a transportadora líder na Argentina.

Portanto, o atual governo aprovou um fundo de Estado de US $ 390 milhões para 2021. A maior parte desse valor irá para a manutenção de aeronaves, disse o jornal argentino La Nación.

No entanto, a companhia aérea ainda tem outros itens, como uma grande força de trabalho. Atualmente emprega 11.868 trabalhadores, incluindo mais de 2.400 técnicos de manutenção e mais de 2.100 tripulantes.

Até agora, a empresa não atualizou seus resultados e apresentou o resultado financeiro de 2020, mas espera-se que derrube o de 2011. Segundo o jornal espanhol El País, a companhia aérea pode ter perdas líquidas de mais de US$ 900 milhões com a crise do Covid-19.

Foto: Divulgação

 




Publicidade