Fechar

Aviação Civil



Compartilhar:

RSS

Grécia exige quarentena de sete dias para todas as chegadas internacionais

Grécia exige quarentena de sete dias para todas as chegadas internacionais

A Grécia estendeu oficialmente suas restrições a viagens até pelo menos 8 de fevereiro. Todas as chegadas internacionais na Grécia agora têm que fazer parte de um período de quarentena obrigatório de sete dias. Os viajantes devem se isolar em casa ou em uma residência temporária por uma semana. Os passageiros também precisarão ter um teste de PCR negativo antes de chegar em solo grego.

A Grécia tornou-se o mais recente país a aumentar as restrições de viagens à medida que uma nova onda de Covid-19 atravessa a Europa. No início deste mês, a Grécia anunciou novas restrições que deveriam durar apenas até a meia-noite da noite passada. Agora, eles foram estendidos até 8 de fevereiro, no mínimo.

Quem chega em um voo internacional deve apresentar resultado negativo no teste antes de embarcar e deve se isolar na chegada. Os passageiros devem indicar o local do seu isolamento em um formulário de localização de passageiros e fornecer os dados de contato.

Foto: Blue Bird

 



SAIBA MAIS

Aviação Civil

22/01/2021


Lufthansa pretende aposentar seus Airbus A340-600   É cada vez mais provável que qualquer um dos jatos da Lufthansa enviados para Teruel para armazenamento de longo prazo jamais deixem as instalações. Embora os A380 não devam retornar, parece que toda a frota do A340-600 sofrerá um destino semelhante. Assim como muitas frotas em todo o mundo, a da Lufthansa sofreu um grande golpe com a crise do Covid-19. Embora muitas companhias aéreas tenham abandonado suas frotas de 747 prematuramente, a Lufthansa permaneceu comprometida com seus 747-8. No entanto, o mesmo não pode ser dito sobre seus A380. Era extremamente improvável que a Lufthansa retomasse os voos do Airbus A380 com a recuperação da demanda após a pandemia. No entanto, parece que o A340-600 agora também sofrerá um destino semelhante. “Retiramos aviões quadrimotores, imobilizamos toda a frota do A380. Tiramos o A340-600 e não planejamos trazê-lo de volta ao ar. Portanto, há uma modernização significativa da frota acontecendo pelo fato de que agora somos uma companhia aérea menor e, portanto, devemos modernizar nossa frota rapidamente”, declarou o CEO da Lufthansa, Carsten Spohr. Foto: Lufthansa  


Aviação Civil

22/01/2021


Turkmenistan Airlines adquire seus primeiros Airbus   A aérea Turkmenistan Airlines, da Ásia Central, acaba de encomendar duas aeronaves A330-200 de passageiros convertidas para cargueiros. Antes deste pedido, a companhia aérea tinha uma frota quase totalmente Boeing, com exceção de um único Bombardier CRJ-700. Os cargueiros devem ser entregues em 2022 e farão da Turkmenistan Airlines a primeira operadora do tipo na Ásia Central. Com o acordo assinado em 18 de janeiro de 2021 anunciado hoje (22/01), a Turkmenistan Airlines está direcionando seu foco para frete e carga com seu último pedido. Com a Airbus observando que “o A330-200P2F permitirá à companhia aérea desenvolver ainda mais e aumentar sua rede de rotas de carga internacional”. Com base no sucesso do programa de conversão do A300 / A310P2F, o programa de conversão de passageiros para cargueiros do A330 foi lançado em 2012. Este programa de conversão é uma colaboração entre a ST Engineering Aerospace, Airbus e sua joint venture Elbe Flugzeugwerke GmbH (EFW), que também é responsável pelo programa A321P2F. Foto: Airbus  



Publicidade