Fechar

Aviação Civil



Compartilhar:

RSS

Conviasa recebe seu maior Airbus

Conviasa recebe seu maior Airbus

 

A companhia aérea venezuelana recebeu seu primeiro Airbus A340-300 e espera receber mais três A340-500.

A nova aeronave, que chegou a Caracas nas cores da Conviasa e o prefixo YV-3507, após ser pintado em Teerã, no Irã já operou na Avior Airlines, Cathay Pacific e na Air China.

A Conviasa já opera um Airbus A340-200 e vários Embraer 190 para o transporte de passageiros e como avião presidencial.

A aérea venezuelana tem voos para Moscou e Teerã, mas seu objetivo é voar também para Itália, Portugal e China.

Foto: Divulgação

 

 



SAIBA MAIS

Aviação Civil

08/01/2021


Os números reais da Airbus em 2020   Na segunda feira (4) noticiamos que a Airbus tinha entregue 560 aviões em 2020, quase 300 menos do que a sua meta, mas hoje, o consórcio europeu publicou a quantidade correta de entregas, as encomendas e a carteira de pedidos comparadas com as de 2019, assim como as entregas mensais e por região. Aeronaves entregues 2019 – 863 2020 – 566 Encomendas 2019 – 768 2020 – 268 Carteira de pedidos 2019 – 7.482 2020 – 7.184 Entregas por mês Janeiro –     31 Fevereiro -  55 Março –      36 Abril –         14 Maio –         24 Junho –       36 Julho –        49 Agosto –      39 Setembro -  57 Outubro –    72 Novembro – 64 Dezembro – 89 Entregas por região América do Norte -        15,2% América Latina –              2,1% Europa -                           20,8% África e Oriente Médio -   5,8% Ásia/Pacífico –                25,8% Arrendadores -                29,4% Outros –                            0,9%   Foto: Airbus    


Aviação Civil

08/01/2021


Viva Aerobus transportou mais de um milhão de passageiros em dezembro de 2020   Viva Aerobus, companhia aérea mexicana de ultrabaixo custo, informou que transportou mais de 1,1 milhão de passageiros em dezembro de 2020, um aumento de 15% em relação ao mês anterior. Este número também se aproxima dos níveis de dezembro de 2019, quando a aérea registrou pouco mais de 1,13 milhão de passageiros graças à estratégia de reativação responsável e a expansão da oferta de rotas para atender às necessidades de conectividade aérea de forma segura e confiável de acordo com a demanda atual. Durante 2020, a Viva Aerobus registou uma recuperação gradual e constante da procura, da preferência dos passageiros pelos seus preços baixos e do seu renovado compromisso com a saúde. Consequentemente, a empresa fechou o ano com mais de 8 milhões de passageiros e uma taxa de ocupação de 80,5%, uma das mais fortes da atualidade. A Viva Aerobus consolidou-se como a primeira companhia aérea mexicana a aumentar sua capacidade operacional, aumentando sua oferta (assentos por quilômetro disponível) em 11% em dezembro de 2020 em relação ao mesmo mês de 2019. Nesse mesmo sentido, a Viva encerrou o ano com uma oferta de 131 rotas (103 nacionais e 28 internacionais), mais 12 rotas do que no final de 2019. Foto: Airbus  



Publicidade