Fechar

Aviação Civil



Compartilhar:

RSS

Flybondi repatriou mais de 1.000 passageiros em doze voos regionais

Flybondi repatriou mais de 1.000 passageiros em doze voos regionais

A companhia aérea de baixo custo Flybondi relatou que mais viajantes puderam retornar para a Argentina em seus voos de repatriação partindo do Brasil e Paraguai. Após receber autorização para realizar operações excepcionais no contexto das medidas governamentais para o avanço do COVID-19, a transportadora operou 12 voos regionais. Dessa forma, a empresa cumpriu conexões com as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Assunção entre os dias 20 e 22 de março. Por essas rotas, um total de 1.160 passageiros chegaram ao Aeroporto El Palomar. Todo o pessoal da Flybondi envolvido nesses voos trabalhou em conformidade com todos os procedimentos e protocolos de prevenção estabelecidos pelas autoridades de saúde e transporte e pela empresa, que estão ativos desde 28 de fevereiro em razão da pandemia global. As aeronaves utilizadas possuem um sistema de ar condicionado que apresenta filtros de alta eficiência (HEPA) que permitem a renovação frequente do ar na cabine. Ele captura partículas de tamanhos diferentes, oferecendo um ambiente mais limpo que reduz a probabilidade de contágio.




Publicidade