Fechar

Aviação Civil



Compartilhar:

RSS

Itapemirim pretende criar nova companhia aérea com investimento de US$ 500 milhões

Itapemirim pretende criar nova companhia aérea com investimento de US$ 500 milhões

A Grupo Itapemirim anunciou que vai receber um aporte de cerca de US$ 500 milhões proveniente de um fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos, para ser investido na criação de uma nova companhia aérea e que projeta receber a primeira aeronave comercial de passageiros em 2021. De acordo com a empresa, já foram feitos entendimentos para encomendar 35 aeronaves, sendo 15 configuradas com 80 assentos e o restante para cerca de 100 viajantes. A Itapemirim pretende oferecer um serviço integrado de ônibus e avião para o transporte de carga e passageiros. Durante os anos 1990, a companhia operou com sucesso uma divisão de carga aérea com uma frota composta por quatro Boeing 727-100F e dois Boeing 727-200F, que realizavam voos regulares para as principais cidade brasileiras e em especial na rota entre Campinas e Manaus. Houve também uma tentativa de criação de uma unidade para o transporte de passageiros que operava na linha entre Resende, no Rio de Janeiro e o Aeroporto de São Paulo/Guarulhos, utilizando dois aviões Cessna C208 Grand Caravan. Aberta por pouco tempo em 1997, a regional acabou vendida para a TAM.   




Publicidade