Fechar

Aviação Civil



Compartilhar:

RSS

LATAM anuncia stopover para trechos nacionais e internacionais em São Paulo

LATAM anuncia stopover para trechos nacionais e internacionais em São Paulo

A companhia aérea LATAM Brasil informou que a partir deste mês de dezembro, o serviço de stopover estará disponível a todos os passageiros que fizerem conexão no principal hub do grupo em São Paulo/Guarulhos e também no Aeroporto de Congonhas. Na prática, os viajantes que voam dos 142 destinos em 25 países diferentes para o Brasil e dentro do país, poderão fazer uma escala na capital paulista de até três dias sem qualquer custo adicional. O projeto tem o apoio do Governo do Estado de São Paulo e faz parte de uma negociação do setor aéreo, com a apoio da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), para a redução do ICMS de 25% para 12% que é incidido sobre o combustível de aviação. Em contrapartida, além do stopover, as empresas se comprometeram a fomentar voos no Estado. Desde a data de efetivação do acordo de ICMS, a LATAM já aumentou em 238 os voos semanais a partir de Guarulhos e Congonhas, projetando ainda mais a conectividade entre São Paulo e destinos como Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Manaus/AM, São Luís/MA, Recife/RE, Salvador/BA, Belo Horizonte/Confins, Foz do Iguaçu/PR e Cuiabá/MT, além da criação da rota entre Guarulhos e Navegantes/SC. A operadora também vai exibir em suas aeronaves vídeo promocional de São Paulo que mostra os atrativos do Estado para passageiros dos voos internacionais que chegam no Aeroporto de Guarulhos durante o mês de dezembro. Para adquirir o serviço, o passageiro deve escolher a opção na caixa de compra no site www.latam.com. Ele deverá então eleger origem e destino e selecionar “Stopover em São Paulo” para escolher se deseja estar na cidade na ida ou na volta. Em seguida, precisa escolher em “Duração” o tempo de permanência. Depois é só continuar o passo-a-passo para finalizar a compra dos voos. A opção pelo serviço de stopover também estará disponível para vendas por meio das agências de viagens e da central de vendas. Foto: Gabriel Gimenez




Publicidade