Fechar

Aeroportos



Compartilhar:

RSS

Aeroporto de Frankfurt: Terminal 3 só em 2026

Aeroporto de Frankfurt: Terminal 3 só em 2026

 

O Aeroporto de Frankfurt revelou outro atraso na abertura de seu novo Terminal 3. O terminal no sul do aeroporto estava inicialmente previsto para abrir em 2023. No entanto, devido a atrasos atribuídos principalmente à pandemia COVID-19, o terminal agora não está previsto para abrir (no mínimo) até 2026.

A pandemia COVID-19 afetou todos os cantos da indústria da aviação, e os aeroportos não foram poupados da crise. Alguns, como London Heathrow e Berlin, tiveram que fechar terminais para economizar dinheiro em meio a uma grande calmaria no tráfego.

Stefan Schulte, CEO da Fraport, proprietária do aeroporto, deixou claro que o aeroporto não vê nenhum efeito prejudicial em suas perspectivas de crescimento a longo prazo.

Este é o terceiro atraso de um ano anunciado em nove meses, com o primeiro sendo revelado em meados de junho. O edifício principal e os Piers G, H e J estão planejados para entrar em operação em 2026. Isso foi sugerido anteriormente em outubro, então não é uma grande surpresa.

Foto: Divulgação

 



SAIBA MAIS

Aviação Civil

17/03/2021


Hawaiian Airlines inaugurou uma das rotas mais longas dos Estados Unidos   Em 12 de março, às 6h50, horário local, o voo inaugural da Hawaiian Airlines saindo de Honolulu pousou no Aeroporto Internacional de Orlando. Pela primeira vez, o Havaí e o estado da Flórida estão conectados por voos regulares sem escalas. A empresa de capital havaiana voará duas vezes por semana de e para Orlando em Airbus A330-200s. A rota citada é uma das mais longas de dos Estados Unidos, com média de 9 horas de voo dependendo das condições climáticas do trajeto. Entre 1º de junho e 10 de agosto, devido à alta temporada, a Hawaiian Airlines voará três vezes por semana entre Honolulu e Orlando na mesma aeronave, configurada com 278 assentos. Foto: Divulgação  


Aviação Civil

17/03/2021


Viva Air tem a frota mais jovem da Colômbia A Viva Air Company foi premiada pela CH-Avation, plataforma líder de dados aéreos com sede em Chur, na Suíça, como a terceira companhia aérea mais jovem da América do Sul e a primeira da Colômbia. Segundo a aérea, essa conquista ratifica a Viva como uma das empresas líderes na região e um grande player da aviação na Colômbia e na América Latina, por possuir uma frota moderna e tecnológica que permite conectar cada vez mais pessoas e destinos, por seu modelo de baixo custo. Félix Antelo, CEO e presidente do Grupo Viva Air, afirmou “na Viva celebramos este reconhecimento internacional que enaltece a nossa frota como a mais moderna da Colômbia e a terceira mais jovem da região. Como companhia aérea Low Cost, esta vantagem torna-nos mais eficientes e competitivos, permitindo-nos, entre outros, ter a melhor pontualidade do país e reduzir os nossos custos operacionais, o que nos permite oferecer sempre preços baixos, de acordo com o nosso modelo”. Foto: Divulgação  



Publicidade