Fechar

Aeroportos



Compartilhar:

RSS

Aerolíneas Argentinas anuncia nova programação de voos do Aeroparque

Aerolíneas Argentinas anuncia nova programação de voos do Aeroparque

 

Fechado desde agosto de 2020, devido às obras de ampliação da pista e do terminal, o Aeroporto Jorge Newbery retoma as operações. O primeiro pouso foi feito pelo primeiro avião da Embraer repintado com as cores da Aerolíneas Argentinas, uma das várias ações que compuseram o “Plano Integral de Comunicações” do projeto AR / AU Fusion, de grande impacto no público e os passageiros.

A empresa informou que em uma primeira etapa a frota do EMBRAER 190 será transferida para a plataforma Aeroparque, para cobrir voos domésticos e regionais. A partir do dia 22 de março, será adicionada a frota de Boeing 737, cobrindo todos os seus 39 destinos

Também serão acrescentados: São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Assunção, Santiago do Chile, Santa Cruz de la Sierra e Lima.

No que diz respeito aos protocolos, serão respeitados os mesmos do Ezezia e todos os passageiros deverão comparecer com três horas de antecedência.

Foto: Divulgação

 



SAIBA MAIS

Aviação Civil

16/03/2021


Air France-KLM não pararam de voar entre Brasil e Europa na pandemia   Desde o início da pandemia há um ano, o Grupo Air France-KLM manteve sua operação ininterrupta entre o Brasil e a Europa, mesmo com as condições restritas impostas pela evolução do vírus, e hoje é o único grupo a operar no aeroporto do Galeão/Rio de Janeiro, para a Europa.  A Air France tem 11 voos semanais: sete de e para São Paulo e quatro de e para a capital fluminense. Já a KLM, que já transporta passageiros tanto no trecho Amsterdã-Brasil quanto no sentido contrário, opera diariamrente para São Paulo e cinco vezes por semana para o Rio de Janeiro. Totalizando 23 frequências semanais do grupo.  "Faz um ano que iniciamos um programa de adaptação dos nossos voos para o Brasil, de acordo com os cenários de restrições e evolução do vírus. Dada a importância do País para o Grupo, nunca paramos de voar. As medidas de segurança e higiene que hoje oferecemos, reconhecidas e premiadas mundialmente, trazem mais segurança a quem viaja. Esperamos oferecer a nossa malha aérea completa aos brasileiros o quanto antes possível", afirma Jean-Marc Pouchol, diretor geral Air France-KLM para a América do Sul.  Alterações na programação de voos podem ocorrer, uma vez que novas medidas são anunciadas por autoridades governamentais. As companhias seguem comprometidas em atender os clientes diante desse cenário desafiador. A política flexível de remarcação das companhias segue em vigor, e estão detalhadas nos sites das empresas - airfrance.com.br e klm.com.br Foto: Divulgação    


Aviação Civil

16/03/2021


Boeing 787 da Virgin Atlantic atacado com raio laser   Um voo da Virgin teve que voltar ontem (15/03) à noite após um incidente com um feixe de laser. A aeronave estava operando o voo VS453 de London Heathrow para Tel Aviv, Israel, quando um laser atingiu a cabine. Por precaução, a tripulação voltou para Heathrow, pousando em segurança no aeroporto uma hora e meia depois. O voo, que normalmente leva cerca de quatro horas para ser concluído, partiu de Heathrow conforme planejado às 21:30 GMT. No entanto, a cabine da aeronave foi atingida por um feixe de laser na decolagem, causando distração aos pilotos e perigo para o voo. Por precaução, os pilotos decidiram voltar para Londres. O voo declarou um ‘pan-pan’ para o ATC e girou sobre Paris para retornar à sua origem. “Gostaríamos de agradecer aos nossos clientes pela paciência e pedir desculpas por qualquer inconveniente causado. Todos os clientes receberam uma oferta de pernoite e estamos trabalhando muito para garantir que eles possam continuar suas viagens o mais rápido possível. Como é o procedimento padrão para um incidente de laser, notificamos rapidamente a polícia e permanecemos em contato próximo com ela e com a Autoridade de Aviação Civil (CAA), declarou um porta-voz da Virgin Atlantic”. Foto: Divulgação    



Publicidade