Fechar

Aeroportos



Compartilhar:

RSS

Brasília recebe o selo de aeródromo sustentável nível avançado pela ANAC

Brasília recebe o selo de aeródromo sustentável nível avançado pela ANAC

As práticas de sustentabilidade adotadas pelo Aeroporto de Brasília foram reconhecidas na 1ª edição do Projeto Aeródromos Sustentáveis da Agência Nacional de Aviação Civil. O terminal brasiliense conquistou o selo nível avançado, sendo um dos quatro únicos dentre os 23 aeroportos avaliados na pesquisa. Para concorrer foi necessário que cada terminal enviasse voluntariamente, a sua aplicação de acordo com as práticas ambientais exercidas por cada um. O Aeroporto de Brasília obteve nível avançado em 28 das 36 iniciativas avaliadas. As ações envolvem critérios relacionados à educação ambiental, gestão da mudança climática, energia elétrica, resíduos, ruído aeronáutico, solo, fauna e flora, hídrica e organizacional. O aeroporto conta com uma equipe de meio ambiente responsável por todos os projetos ambientais e de sustentabilidade. No período de sete anos da concessão, várias iniciativas foram implementadas, representando economia de energia e de água potável, melhoria na coleta seletiva e aumento de resíduos encaminhados para reciclagem, inventário de gases de efeito estufa, dentre outras. A concessionária Inframerica implementou desde 2017 a coleta seletiva do lixo produzido no terminal. Por mês são encaminhadas para reciclagem cerca de 16 toneladas de resíduos. Nos últimos anos, cerca de 10 mil lâmpadas fluorescentes do terminal aéreo foram substituídas pelo tipo LED, mais eficientes e sustentáveis que as anteriores. Outros 634 refletores do pátio de aeronaves com lâmpadas do tipo vapor de sódio foram trocados também por lâmpadas LED, uma economia de 4,2% em relação ao consumo total do aeroporto, além de redução na emissão de poluentes. Dois poços artesianos foram perfurados para fornecer água para combate a incêndios, irrigação e sistema de climatização do Aeroporto de Brasília. Assim, o consumo de água potável foi reduzido em cerca de 9 milhões de litros que antes eram fornecidos pela CAESB. Como forma de compensação florestal, a Inframerica plantou cerca de 74.340 mudas nativas do cerrado em áreas pertencentes ao zoológico de Brasília e do parque das aves. Ao todo foram investidos cerca de R$ 7 milhões em revitalização de parques e unidades de conservação do Distrito Federal. O aeroporto também adota fontes de energia renováveis para consumo. A Inframerica passou a comprar energia no mercado livre. A equipe fauna também trabalha diariamente no pátio de aeronaves para gestão dos riscos. Eles são responsáveis pelo monitoramento, controle e manejo da fauna, de forma a evitar que os animais que vivem no entorno do aeroporto acessem a área operacional, proporcionando operações aéreas mais seguras.



SAIBA MAIS

Aeroportos

22/01/2020


Aeroporto de Brasília é o mais pontual do Brasil Uma pesquisa realizada pela OAG, consultoria inglesa especializada em aviação, analisou os voos de 2019 dos aeroportos de todo o mundo. Com as informações colhidas, o Aeroporto de Brasília se classificou como o mais pontual do país, a frente dos aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Belo Horizonte e Curitiba, que também aparecem na pesquisa.


Aeroportos

22/01/2020


Aeroporto de Guarulhos completa 35 anos em operação Com um aeroporto distante localizado em Campinas e outro pequeno, que não comportava grandes ampliações (Congonhas), São Paulo precisava de um local que pudesse receber e operar voos longos, além de aviões comerciais grandes. O Governo Federal decidiu pela construção do novo terminal na cidade de Guarulhos. Não somente pela proximidade com a capital paulista, mas principalmente pelo fato de o Ministério da Aeronáutica ter doado 10km² de terras pertencentes à Base Aérea de São Paulo para a construção do aeroporto.


Aeroportos

22/01/2020


Viracopos registra recorde histórico com mais de 10,5 milhões de passageiros em 2019 Passados quase 60 anos de sua inauguração, o Aeroporto de Viracopos, em Campinas/SP, registrou em 2019 recorde histórico na movimentação total de passageiros com 10.585.018 pessoas embarcando ou desembarcando pelo terminal. O recorde anterior havia ocorrido em 2015, com 10.324.658. A movimentação de viajantes internacionais também foi recorde. 



Publicidade