Fechar

Aeroportos



Compartilhar:

RSS

ENGIE e Inframerica fornecerão energia renovável para aviões no Aeroporto de Brasília

ENGIE e Inframerica fornecerão energia renovável para aviões no Aeroporto de Brasília

A empresa global de energia e soluções EINGE e a concessionária Inframerica firmaram uma parceria para fornecimento de energia de fontes renováveis a aviões estacionados no Aeroporto de Brasília. Uma solução inovadora prevê a instalação de equipamentos em 22 pontes de embarque do terminal para manter a parte elétrica e de ar condicionado das aeronaves em solo em funcionamento. Atualmente, a energia elétrica e o ar condicionado das aeronaves nas pontes de embarque são providas por geradores externos a diesel, conhecido como GPU ou por microturbina a querosene do próprio avião. Recentemente o Aeroporto de Brasília foi reconhecido com o Selo Ouro no Programa Brasileiro GHG Protocol, que realiza a publicação de inventários de emissões de gases de efeito estufa (GEE). O Conselho Internacional de Aeroportos (ACI) também reconheceu o terminal brasiliense com a certificação internacional de controle de carbono. No Aeroporto de Brasília, as principais companhias aéreas já aderiram ao serviço. Espera-se, com isso, uma redução de cerca de 20 mil toneladas de CO2 por ano no terminal, o equivalente ao plantio de mais de 120 mil árvores. A previsão é que todas as pontes de embarque do aeroporto estejam adaptadas para o fornecimento de energia elétrica em até 12 meses.




Publicidade