Fechar

Aeroportos



Compartilhar:

RSS

Uruguai é o primeiro país da América do Sul a implementar embarque biométrico

Uruguai é o primeiro país da América do Sul a implementar embarque biométrico

O Aeroporto de Carrasco e autoridades governamentais do Uruguai implantaram esse mês o embarque biométrico em Montevidéu. Posicionando o país como pioneiro na América do Sul na introdução do procedimento, o sistema moderniza a estrutura e permite aos visitantes um processo de embarque mais seguro e eficaz. A biometria é uma tecnologia de identificação baseada no reconhecimento de uma característica física e intransferível das pessoas, como a impressão digital, a leitura do padrão venoso do reconhecimento facial ou do dedo. É aplicado em muitos processos devido a duas razões fundamentais: segurança e conforto. Estima-se que por minuto poderão embarcar entre 13 e 14 passageiros, o dobro do realizado em uma verificação manual. O reconhecimento facial de procedimentos migratórios em aeroportos tem sido usado desde o início de 2016, sendo os EUA o primeiro país a usá-lo. A LATAM Airlines tornou-se a primeira a utilizar este sistema no Aeroporto de Carrasco. Para realizar o embarque por meio dessa tecnologia, a companhia designou uma equipe especialmente dedicada ao processo, que desde o início deste ano trabalhou no desenvolvimento da adaptação dos sistemas Vision Box e SITA. Foto: Studio San Antonio/ Ministério de Turismo do Uruguay




Publicidade